Conheça um método natural
para você eliminar definitivamente
o ronco e ter uma ótima noite de sono

    Completamente
    Garantido!
Arquivo de outubro de 2013

Consequências do Ronco

Postado por em 31/out/2013 - Sem Comentários

Especialista alerta para cuidados com o roncoO ronco é uma condição tão presente no cotidiano das pessoas que por vezes acaba virando parte do dia-a-dia, sem que qualquer medida seja tomada para acabar com isso. No entanto, é necessário entender que existem consequências graves para as pessoas que roncam e para aqueles que dormem com alguém com esse distúrbio. Por isso é importante ter o conhecimento do que pode acontecer para poder eliminar o ronco de sua vida.

O ronco acontece quando a faringrelaxa durante o sono e, dessa forma, a passagem de ar fica estreita demais, tornando a respiração difícil causando o ronco.  Às vezes, o ruído é tão forte que pode chegar até 80 decibéis, o que corresponde ao som de um escapamento aberto de uma motocicleta. Imagine como fica a situação de quem dorme ao lado veículo a noite inteira. Para essas pessoas, o sono é de má qualidade, o que faz com que durante o dia haja um cansaço excessivo, tornando as atividades rotineiras mais difíceis que o necessário.

Mesmo assim, os casos mais preocupantes ocorrem com os roncadores. Por que, por vezes, ao invés de haver dificuldade de respiração, há a total obstrução do fluxo respiratório. Isso é a chamada apneia do sono. Com a faringe obstruída, o ar não chega aos pulmões e com menos oxigênio no sangue podem ocorrer doenças cardíacas, assim como complicações no cérebro.

Além disso, o sono debilitado e de má qualidade daquele que ronca também afeta seu humor para encarar a rotina. Cansaço e irritabilidade se tornam normais, e ninguém consegue ser feliz dessa forma. Mas você não precisa conviver com isso. Acesse www.comopararderoncar.com e descubra como se livrar do ronco em sua vida!

Se você gostou do post compartilhe-o no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Maneiras de lidar com o ronco

Postado por em 24/out/2013 - Sem Comentários

Maneiras de lidar com o ronco

O ronco é um dos fatores que mais prejudicam o relacionamento amoroso entre duas pessoas, mas pior que isso, é responsável por agravar a saúde de quem sofre com esse problema. As causas deste distúrbio são várias, e desta forma existem várias maneiras para lidar com isso. Você precisa identificar qual a origem do ronco para poder fazer o tratamento adequado.

O ronco acontece devido à obstrução das vias aéreas. Dessa forma, doenças respiratórias como sinusite ou renite podem fazer com que a pessoa ronque por dificultar a respiração durante o sono. Em casos mais leves, um dilatador nasal pode ser o suficiente para liberar as vias aéreas e garantir uma noite de sono mais tranquila, revigorante e sem ronco.

Além disso, um dos maiores problemas para que haja a obstrução da garganta e dificulte a respiração é estar acima do peso e, sendo assim, a gordura no pescoço interfere no processo. Por isso é importante fazer exercícios físicos frequentemente para perder peso para manter a saúde. Muitas pessoas param de roncar após perder alguns quilos.

Também deve-se ter cuidado com medicamento anti-inflamatórios que relaxam o corpo de forma rápida. Deve-se evitar qualquer tipo de remédio, especialmente antes de dormir, que cause essa reação, pois com as vias áreas relaxadas, o ronco se torna inevitável. Outra maneira de evitar o ronco é dormir de lado. Essa posição previne o ronco, ao contrário de ficar com a barriga pra cima, que aumenta a frequência deste som terrível.

O ronco está atrapalhando sua vida? Se sente cansado ou irritado durante o dia por não conseguir ter uma boa noite de sono? Acesse www.comopararderoncar.com e descubra como se livrar desse problema!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Diminua a chance de roncar

Postado por em 17/out/2013 - Sem Comentários

Diminua a chance de roncar

O ronco é algo terrível, tanto para a pessoa que ronca que pode ter complicações de saúde, quanto para quem dorme ao lado de um roncador, pois não tem qualidade de sono. Ambos não conseguem descansar dormindo durante a noite, que é a situação em que o corpo recupera as energias para aguentar a rotina que, para a grande maioria das pessoas que trabalham ou estudam, se torna muito cansativa. Por isso é muito importante ter um sono de qualidade.

Quem não consegue ter uma boa noite de sono acaba tendo várias consequências durante o dia: cansaço, irritabilidade, dificuldade de concentração, entre outros. Isso contribui para que a qualidade de vida da pessoa que ronca e do seu companheiro(a) seja baixa. Os resultados desses efeitos não podem ser menosprezados. O cansaço e dificuldade de concentração podem influenciar no desempenho do trabalhador que, em casos sérios, levam até mesmo à demissão.

Para evitar o ronco existem algumas medidas que você pode realizar. Estar acima do peso é provavelmente o fator que mais influencia no ronco, por isso é muito importante perder peso realizando atividades físicas regularmente. Além disso, o cuidado com o quarto em que se dorme é essencial. Tirar o pó dos móveis, tapetes e cortinas, assim como mudar com mais frequência a fronha do travesseiro e os lençóis diminuem a chance do ronco acontecer. Também é eficaz dormir de lado, evitando a posição com a barriga para cima, pois ela contribui para o ronco.

O ronco está atrapalhando sua vida? Se sente cansado ou irritado durante o dia por não conseguir ter uma boa noite de sono? Acesse www.comopararderoncar.com e descubra como se livrar desse problema!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Ronco: sintoma da apneia do sono

Postado por em 10/out/2013 - Sem Comentários

Ronco, sintoma da apneia do sono

Roncar de vez em quando é normal e inofensivo, especialmente quando é seguido de uma noite regada a muita bebida alcoólica ou muito comida. No entanto, o ronco frequente, sem motivo aparente, é grave, pois pode trazer consequências perigosas para a sua saúde. E ele pode ser o sintoma de uma doença grave, a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono, ou simplesmente apneia do sono.

A apneia é uma doença crônica que muitas vezes é confundida com o ronco, e não é tratada porque o paciente acredita que o segundo distúrbio é inofensivo. Assim como o ronco, ela é causada porque as vias respiratórias estão obstruídas e também possui o som característico de escapamento de carro. Porém, sua diferenciação ocorre quando há obstrução completa do fluxo de ar do nariz ou da boca e o paciente para de respirar por no mínimo 10 segundos.

No entanto, nem todo mundo que ronca possui apneia do sono, pois é apenas um dos sintomas, assim como a sonolência diurna. Quem possui a doença não consegue ter uma noite plena de sono capaz de revigorar toda sua energia. Com isso, a pessoa mantém uma rotina cansada, tendo problemas de concentração, dificuldade de realizar tarefas, irritabilidade e alterações de personalidade.

Tratar o sintoma é uma ótima forma de tratar a doença. Por isso é importante ter em mente que o ronco frequente não é normal e é necessário combater esse problema. O ronco está atrapalhando sua vida? Se sente cansado ou irritado durante o dia por não conseguir ter uma boa noite de sono? Acesse www.comopararderoncar.com e descubra como se livrar desse distúrbio!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

Exercício para amenizar o ronco

Postado por em 03/out/2013 - Sem Comentários

Exercício para acabar com o ronco

O sono é a atividade mais revigorante para o ser humano. No entanto, vários fatores podem contribuir para que esse momento não seja tão relaxante quanto deveria. Entre os problemas mais frequentes que podem atrapalhar o seu sono, o ronco é aquele que tem maior recorrência e grande número de reclamações, em especial das pessoas que dormem com o roncador. Mas quem ronca pode ter problemas de saúde, assim como ter dificuldades em manter uma rotina produtiva por estar cansado e sonolento por não ter dormido o suficiente ou não ter tido um sono de qualidade.

São vários os fatores que podem causar o ronco. Ele acontece, em geral, devido à flacidez dos músculos do pescoço, que atrapalham a respiração, sendo que isso ocorre com as pessoas que estão acima do peso e não fazem exercícios físicos com regularidade. Além disso, frequentemente tomar medicamentos e a ingestão de bebidas alcoólicas, assim como fumar ativamente, contribuem para que o ronco aconteça.

Mesmo assim, existem exercícios que se praticados com regularidade podem amenizar o problema, pois melhoram a respiração. Um desses treinamentos, chamado “pose de leão”, consiste na pessoa ficar de joelhos e inspirar profundamente pelo nariz. Após isso, deve-se exalar pela boca lentamente levantando a língua. Isso aumentará a força da língua, dos pulmões e da garganta, diminuindo a frequência do ronco.

Mantendo uma boa alimentação, sem exagerar em bebidas alcoólicas e cigarros, além de manter uma rotina de exercícios físicos são um bom início para se livrar do problema. O ronco está atrapalhando sua vida? Se sente cansado ou irritado durante o dia por não conseguir ter uma boa noite de sono? Acesse www.comopararderoncar.com e descubra como se livrar desse problema!

Se você gostou do post compartilhe no +1, Facebook e Twitter. Utilize os comentários abaixo para dúvidas, críticas ou elogios.

©Copyright 2017 Como Parar de Roncar - Todos os Direitos Reservados. Este site é o único meio de divulgação e comercialização do Livro Digital Como Parar de Roncar. Todo material aqui contido, bem como a obra comercializada, é protegido pela lei nacional e internacional dos direitos autorais. Todo material divulgado e comercializado neste site, serve apenas para propósitos informativos e educacionais.

Nenhum conteúdo tem a intenção de substituir qualquer conselho médico, diagnóstico ou tratamento. Consulte seu médico sobre a aplicabilidade das opiniões ou recomendações aqui contidas, para seus sintomas ou condição médica.